Lindaura: a dona da voz

entrevista Lindaura interna“Caiçaras, bom dia.” A voz marcante que atende os sócios pela manhã é de Lindaura Silveira de Souza, a mais antiga entre as funcionárias do clube.

Aos 69 anos de idade, 38 deles passados no Caiçaras, Lindaura conta que começou na limpeza do clube e, um ano depois, já estava no posto de telefonista.

Para ficar 37 anos ao telefone, só gostando muito da função. “Eu adoro falar!”, ri. “Gosto tanto que tenho outras duas profissões, mas nunca quis trocar”, revela Lindaura, que tem diploma de massagista e depiladora.

Ela conta que recebe mais ligações para a sauna e o salão de beleza. “Quando eu sei passar a informação, resolvo. Quando não, repasso para a secretaria. Alguns sócios até sei quem são pela voz”, diz.

Lindaura se casou aos 16 anos e, com 21, já era mãe de quatro crianças. “Infelizmente, perdi meu menino, mas criei minhas três meninas. Quando vim para o Caiçaras, elas tinham 9, 8 e 7 anos. Hoje sou viúva e tenho quatro netas e um bisneto. Finalmente apareceu um homenzinho na família!”, comemora, falando do bisneto de quatro anos, que morava com ela até alguns meses atrás.

Com disposição invejável, Lindaura caminha na praia todos os dias e ainda é adepta da musculação e da hidroginástica. Quando termina o expediente no clube, ela começa seus cuidados com a saúde. Bom dia, Lindaura!