Adeus ao ex-Conselheiro Lineu Lencioni

O Clube dos Caiçaras lamenta informar o falecimento do ex-Conselheiro Vitalício Lineu Lencioni, nesta quinta-feira, aos 89 anos. A missa de sétimo dia será realizada no próximo dia 11, sexta-feira, às 19h30, na igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema.

Engenheiro, aposentado, pai da Diretora Social e Conselheira Grace Lencioni, de Horácio e Danuse, Lineu dedicou parte da sua vida ao Caiçaras. Foi membro do Conselho Deliberativo, de 1999 a 2016, tornando-se Conselheiro Vitalício, fez parte da Comissão de Admissão, de 2007 a 2010, foi Vice Comodoro de Administração, de 2004 a 2005, e membro do Conselho Fiscal, de 2010 a 2012.

“O clube era o quintal da casa do meu pai, literalmente. Ele vivia lá, era seu lugar favorito. Ele entrou no Caiçaras em 1970 e se apaixonou, todo fim de semana estava lá, jogando futebol, bocha, confraternizando com os amigos, não tinha festa da qual meu pai não participasse. Estava sempre disposto a trabalhar pelo clube, inclusive fiscalizando a construção da piscina nova. Era um ser humano que sabia fazer amizades e, tenho certeza, só deixa boas lembranças”, afirma Grace.

“Lineu foi um grande homem. Forte, firme, de excelente formação. Um homem de família, com quem tive oportunidade de conviver na bocha aos sábados e de trabalhar no Conselho Fiscal do clube. Desenvolvemos um importante trabalho junto à Administração e ao Conselho Deliberativo, sempre tendo em mente o melhor para ‘os caiçaras’. Lineu permanece conosco através do seu maior legado, sua família, com quem continuaremos convivendo, nos divertindo e trabalhando por nosso clube”, diz o Vice-Comodoro de Assuntos Financeiros, Alexandre Belém.

“O Lineu era uma pessoa muito interessante, expansivo e brincalhão. Foi ele quem me envolveu com a administração do clube, na qual fiquei por oito anos. Eu frequentava muito a sauna e fui chamado para ser diretor. Aceitei e passei a conviver muito de perto com ele, que era o então Vice-Comodoro Administrativo. Eu estava recém-aposentado, ainda muito jovem, e cheio de gás para trabalhar, então fizemos muitas coisas juntos. Posteriormente, ele se ausentou para um tratamento de saúde e o então Comodoro na época, Fernando Polonia, me convidou para assumir a Vice-Comodoria no lugar do Lineu. A primeira coisa que fiz foi ir até o hospital falar com ele. Ele me deu a maior força, me explicou muita coisa, apesar de estar debilitado fisicamente. Era realmente um amigo muito querido”, complementa o ex-Vice-Comodoro Administrativo Denis Laskier.

A família Caiçaras manifesta o mais profundo sentimento de solidariedade aos familiares e amigos.