Resultados da Classe Dingue

No último final de semana (23 e 24 de março), a Náutica do Caiçaras esteve movimentada com a presença dos velejadores da Classe Dingue, com a realização da tradicional Regata 6 Horas da Lagoa, no sábado, e do IV Campeonato por Equipes, no domingo.

No sábado, a regata de revezamento teve início às 10 horas e contou com a participação de 30 velejadores, reunidos em sete equipes. A equipe vencedora foi a parceria do Caiçaras com o Clube de Regatas Guanabara, com os tripulantes Ronaldo Moura, Patrizia Costanzo, Carlos Alberto Rossi e Pedro Kanto. Em segundo o Clube Naval Piraquê, com Marcelo Pinheiro, Marcela Pinheiro, Antonio, Arthur e Rafaela. Fechando o pódio, também deu Piraquê, com Claudio Araújo, Gabriel Saad Rebello, Cleber Ferreira e Pedro Henrique Rosan.

Na categoria Estreante, venceu o Caiçaras, representado por Ricardo Novais, Gabriel Caju, Fabiano Aires e Geraldo Ribeiro.

O IV Campeonato por Equipes – Classe Dingue é uma competição que acontece anualmente no Caiçaras, organizada pelo clube e pela FEVERJ, e este ano contou com o patrocínio da Holos, fabricante dos barcos da classe. O campeonato foi disputado por 15 equipes de nove agremiações, reunindo um total de 60 velejadores, dentre eles alguns campeões internacionais do esporte.

As regatas se diferenciam das competições tradicionais, pois o objetivo da equipe não é vencer a regata, mas garantir que nenhum de seus dois barcos seja o último colocado. Isso transforma a regata em uma espécie de jogo de xadrez, exigindo grande habilidade técnica e conhecimento das regras do esporte, em que os menores erros podem comprometer o resultado.

Após a realização de 30 regatas, repetindo o desempenho de 2018, a equipe do Búzios Vela Clube, com Pedro Bulhões (o “Chorão”), Jose Bulhões, Ricardo Lobato (o “Blu”) e Julia Cantarino, sagrou-se vencedora e bicampeã, ao derrotar na final a equipe do Clube Naval de Charitas, de José Luiz Junior, Daniel Felix, Luiz Otavio Correia e Luiz Gustavo Sanches.

“Chorão”, antigo velejador do Caiçaras, foi um dos pioneiros da classe Optmist no Brasil, participando da flotilha do Caiçaras nos anos 1970, sob a coordenação do então Vice-Comodoro Castello Branco.  Em terceiro lugar ficou a equipe do Iate Clube do Rio de Janeiro, composta por Ricardo Werneck, Rebeca Abreu, Malcolm Scofield e Sandra Decourt.

Os vencedores ganharam ainda a posse transitória do Troféu Marcelo Gilaberte, nomeado em homenagem ao saudoso velejador da Classe Dingue, falecido logo após a terceira edição do campeonato.

Clique aqui para conferir a súmula das 6 Horas da Lagoa.
Clique aqui para conferir a súmula da disputa por Equipes.